Escolha uma Página

Os discos e a pastilha de freio são itens importantes do veículo, pois eles garantem uma boa experiência do motorista ao dirigir o automóvel. Além disso, o sistema de freio também é essencial para a segurança do motorista e dos outros ocupantes do carro, pois evita acidentes como colisões em estradas ou em cruzamentos.

No entanto, você como proprietário de loja de automóveis, já orientou seu cliente sobre a importância de ficar de olho nos discos e na pastilha de freio? É preciso verificar o estado dos freios com regularidade e deixar claro para o seu cliente que a falta de manutenção do automóvel pode ter sérios riscos para ele e os ocupantes.

Entretanto, você realmente sabe quando é o momento certo de trocar esses dois itens? Essa é a pergunta que vamos responder ao longo deste artigo. Ficou interessado em aprender tudo com a gente? Então, vamos lá!

Como funciona o sistema de freios dos carros?

Antes de respondermos a principal pergunta deste post, é preciso saber como funciona o sistema de freios dos automóveis. Você, com certeza, tem essa noção, não é verdade? Entretanto, nunca é demais relembrarmos um pouco sobre o assunto. Afinal, quanto mais bem informado você for, mais o cliente terá confiança em deixar o automóvel em sua loja ou oficina mecânica.

Por isso, vamos relembrar que o sistema de freios funciona da seguinte maneira: quando você pisa no pedal de frenagem, o sistema é ativado e transforma a pressão exercida sobre o pedal em uma força que é capaz de desacelerar o veículo.

Como você pode imaginar, este sistema possui diversos itens importantes que o fazem trabalhar da maneira correta. Ao pisar no pedal, você ativa o servo freio que amplia a força aplicada no pedal para o restante do sistema.

Em seguida, o cilindro mestre, que tem a função de abastecer o sistema com fluído de freio através de dutos é ativado. Ele transforma a pressão mecânica exercida pelo seu pé no pedal em pressão hidráulica. Por sua vez, as pastilhas são acionadas por essa conversão de pressão mecânica em pressão hidráulica. A peça fica em contato direto com os discos de freio. Ela os ativa e causa o atrito com as rodas fazendo com que o automóvel pare.

Onde estão localizados os discos e a pastilha de freio?

Os discos de freio são componentes circulares que ficam nas rodas do veículo. Eles têm contato direto com as pastilhas. Já a pastilha de freio está localizada nas rodas dianteiras. Elas possuem função essencial na frenagem do veículo. Por isso é tão importante que elas estejam em bom estado de conservação.

Discos-pastilha-de-freio

Como saber a hora certa de trocar os itens?

Os discos de freios ficam prejudicados quando estão quebrados, tortos ou gastos. É fácil saber quando eles estão com esses problemas. Basta você perguntar ao cliente se há trepidações no carro, no momento da frenagem. A resposta para essa questão é importante, já que essas trepidações comprometem a segurança de quem ocupa o veículo.

Também é importante verificar a durabilidade dos discos. Em média, eles duram 25 mil quilômetros. No entanto, mais importante que verificar a quilometragem, é analisar o desgaste através da espessura do item, que nunca deve ser inferior ao recomendado pelo fabricante.

Quanto à pastilha de freio, é importante observar o que diz o manual do proprietário do automóvel. Também é preciso verificar a frenagem do veículo para saber se ela está gasta.

Caso o carro perca a frenagem e fique mais instável, este será um dos primeiros sinais de que está na hora de trocar a pastilha de freio. Essa diferença também pode ser sentida no pedal.

Também é importante orientar o condutor do automóvel que a durabilidade da pastilha de freio também dependerá do uso do motorista, pois caso seu cliente não viaje muito e utilize o carro apenas na cidade, o sistema de freios pode ser usado com mais frequência, o que causará certo desgaste nas peças. Entretanto, a pastilha de freio deve ser substituída a cada 20 mil quilômetros rodados.

Agora que você já sabe qual é o momento certo para trocar os discos e pastilha de freio do automóvel, poderá orientar melhor seu cliente, não é verdade? Para que o serviço de manutenção preventiva seja feito com eficiência, não se esqueça de utilizar o elevador automotivo ECO – 2600 da Engecass, que tem como opcional uma rampa para troca de óleo. Ele o ajudará a verificar com maior rapidez os problemas do sistema de freios!

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais e deixe seus clientes bem informados sobre o assunto!