Escolha uma Página

Um dos problemas mais chatos que muitos dos seus clientes vão enfrentar um dia é com a bateria de carro. Ao se colocar no lugar do seu cliente, imagine estar com pressa, virar a chave no contato do carro, girar e não conseguir sair? Isso pode ser sinal que a bateria não tem mais carga.

Mas por que isso acontece? Muitas vezes seu cliente deixa a luz interna do carro acesa por muito tempo, o rádio ou o DVD ligados, ou então o carro parado por muitos dias. Também existem aquelas baterias que não são confiáveis e que simplesmente pifam.

No entanto, se você quer saber tudo sobre baterias e deixar seu cliente atento para evitar problemas futuros, preste atenção neste post. Aqui você aprenderá tudo que precisa saber para manter seu cliente bem informado e também poderá orientá-lo sobre a importância de fazer uma manutenção preventiva! Ficou interessado? Acompanhe a leitura!

O que é a bateria de carro?

Apesar de você trabalhar no ramo automotivo, nunca é demais saber o que é a bateria de carro. Até porque você terá clientes que têm dificuldades de entender sobre esse detalhe tão importante do automóvel. Então, explicando a bateria de forma simples, ela é um acumulador que distribui energia elétrica para todo o automóvel.

Por fora ela é feita de plástico, mas por dentro ela tem componentes que produzem uma reação química de 12 volts, capacidade média comum do item. No interior da bateria, a peça é formada por uma espécie de sanduíche de placas feitas de chumbo ou óxido de chumbo e que são embebidas por uma solução de ácido sulfúrico com água destilada.

Como a bateria de carro funciona?

Uma espécie de papelão permeável isola as placas positivas e negativas. É um item chamado de separador, que através do qual podem passar os elétrons conduzidos pelo eletrólito. A reação química entre as placas faz com que esses elétrons se acumulem e geram uma potência entre os dois pólos externos da bateria. Em resumo, a bateria é como se fosse uma pilha gigante.

Por que ela descarrega?

Porque é um processo normal

A bateria de carro pode descarregar por um processo normal ou por estar velha ou não ser de uma marca confiável. Por isso, diga ao seu cliente para que ele fique de olho na validade e observe a marca da bateria, dando preferência às melhores do mercado.

Porque usa o ar-condicionado

A bateria de carro também pode descarregar com o consumo de equipamentos, como o uso do ar-condicionado e as luzes internas e externas. Portanto, é preciso ter cautela com a utilização do ar-condicionado.

Peça ao seu cliente para usá-lo apenas quando necessário. Quanto as luzes internas e externas, oriente para que seu cliente redobre a atenção para não deixar as luzes acesas após sair do veículo.

Porque deixa som e DVD ligados

Outra dica importante é prestar atenção ao aparelho de som e DVD. Mesmo com o carro desligado a bateria de carro ainda pode estar sendo consumida. Deixar o som ligado ou o aparelho de DVD quando o veículo não está ligado são fatores que levam à bateria descarregar.

Porque o automóvel fica parado muito tempo

Se o automóvel fica mais de 20 dias parado, você deverá orientá-lo para verificar a bateria, pois por incrível que pareça, deixar o veículo parado por muito tempo pode resultar em uma surpresa desagradável e seu cliente não conseguir ligar o automóvel porque a bateria descarregou.

Quais os sinais que a bateria vai descarregar?

Se a partida do automóvel for demorada

Se você ou seu cliente entram no automóvel, mas se a partida é demorada, é sinal que a bateria vai descarregar. Para evitar o problema, verifique quantos anos de uso tem a bateria e dê uma boa examinada no estado de conservação. Se há dois anos o automóvel está com a bateria é sinal que seu cliente precisa trocá-la.

Se há vazamentos evidentes

Se há muito zinabre nos pólos ou vazamentos são sinais que a bateria vai descarregar. Se ela for nova e estiver dentro da garantia, vale a pena limpar os pólos do zinabre para seu cliente. Preste atenção nesse sintoma e ajude o cliente a evitar problemas futuros no automóvel.

Se tiver uma descarga constante

Se seu cliente reclama que pela manhã a bateria de carro não pega, mas depois de uma “chupeta” o carro funciona, roda o dia inteiro e o defeito acontece novamente, cada vez com espaço de tempo mais curto é sinal que a bateria vai descarregar. Se a bateria de carro for antiga, troque-a. Se estiver na garantia, leve-a até o vendedor.

Agora que você já sabe como ficar de olho na bateria de carro poderá orientar seus clientes para evitar problemas futuros, não é verdade? Observe os sintomas do veículo e ofereça o melhor serviço na sua oficina mecânica, auto center ou loja de automóveis!

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe nosso post em suas redes sociais e deixe seus clientes bem informados sobre o assunto!